a mente labirinto

[seg] 13 de fevereiro de 2006

Enquanto dormes, penso. Sobre tantas coisas, o pensar, a incoerência, se ter e ser, o mar, ir e voltar independente de onde se possa estar. Sempre se está em algum lugar. Sinto e isto já é razão de sofrer… ‘Tô te contando uma história ‘viu… Preste, só, atenção ao que não digo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: