o mar, lenine e canciones de jorge

[sex] 2 de janeiro de 2009

Camaradas – a brisa poética, o mar, lenine, e canciones de jorge.

—————
Eu já me perguntei se o tempo poderá realizar meus sonhos e desejos, será que eu já não sei por onde procurar ou todos os caminhos dão no mesmo e o certo é que eu não sei o que virá só posso te pedir que nunca se leve tão a sério nunca se deixe levar, que a vida é parte do mistério, é tanta coisa pra se desvendar

Por tudo que eu andei e o tanto que faltar, não dá pra se prever nem o futuro, o escuro que se vê quem sabe pode iluminar os corações perdidos sobre o muro e o certo que eu não sei o que virá, só posso te pedir que nunca se leve tão a serio, nunca se deixe levar que a vida, a nossa vida passa e não há tempo pra desperdiçar.
Todos os Caminhos Lenine/Dudu Falcão
————
———–
——-
Con mi amor yo quiero bailar Murga Reggae.
Con la luna brillando en el mar Murga Reggae.
Se va, se va el expreso bombo, platillo y tambor, se fue, se fue para Jamaica este Marcha Camión.
Si te vas, yo quiero, mi amor, que me lleves.
Pero si te quedas, mucho mejor, Murga Reggae
Para tí yo puedo cantar Murga Reggae.
Corazón llevando el compás. Murga Reggae.
Se fue, se fue febrero, se terminó Carnaval.
Se fue el verano a otro tablado y yo no pude parar.
(Una lluvia de estrellas de estrellas de mar, bajaría del cielo por verte bailar Murga Reggae.)

Murga Reggae Jorge Drexler
———————–
——-
—————-
—————-
POESIAS NOTURNAS

O Mar

chega!
só o gosto
de às duas da manhã
se quedar, saltar e explodir
onda e areia
espuma e sal.
Sambaqui. FLN. 02.01.2009
————-

Dos momentos

o mar
fala
sobre uma
vida
que eu não
sei dizer…

ouço
(nessa busca incessante)
seu berro!
sua janela
suas sombras
sua companhia
essas luzes
sua lua
a falta
tua onda
sua espuma

esse mistério
seu canto
sua dança
sua saída
sua força
seu choro
seu suor
sua ira
essa sina
a fagulha

sua saudade
uma salva de palmas
este compasso
sua imensa sozinhez
sua farra
sua festa
sua alegria

seu movimento
seu vento
seu ritmo
sua terra
sua ilha
este nosso sonho

……….. ouço,

amigo, ouço apenas e sinto-te.

Sambaqui. FLN. 02.01.2009

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: