o que de mim é tão desigual

2010, janeiro 5, terça-feira

dia de terapia

9h30. te faço dia cedo.

197535_10150203949277354_141123_n

11h30. sinto um nó no peito, certas cicatrizes não cessaram ainda. e entendo porque dói e fujo tanto de tudo e todos [e de mim]. começo a entender que para cuidar do mundo primeiro é preciso cuidar de mim [e se não sei fazer é melhor aprender fazendo assim deixando-se ser… [dia 26 retorno].

16h30. cada dia que passamos tu fica mais colorido – e sinto algo como uma dor quando penso que todos vamos embora.

23h00. estou quase bêbado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: