sem interrogação

[qua] 10 de fevereiro de 2010

da bagunça da vida, na terça li pouco e anotei algumas idéias… para quinta. sigo dormindo torto e manhosamente fazendo pouco do tanto necessário… certa dor no joelho. e uma vontade danada falando solto sobre essas coisas profundas da vida que a gente sente. quarta quero gente.

***

dos dedos…

.

”estou sem interrogação apesar de tantas”.

.

.
[destas tão pequenininhas que guardam algo de maior.]

Êta vida que dá volta e volta e volta e volta… Que façamos um bom dia logo mais quando o dia amanhecer. Juízo.

***

anotações outras: http://www.bitterfilms.com/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: