é só…

2010, setembro 20, segunda-feira

ontem cedo, após o texto, desci e das questões que coloquei ao meu pai, recebi um silêncio todo seu, destes que não quer falar. ontem, após minha decisão expressa, e um certo alívio, mas também um incomodo, destes que vem quando nos colocamos contra vontades alheias. e, dele, neutro a tudo, após meu pedido de ajuda, ouvi uma sábia resposta, toda sua, sobre tratar assuntos dolorosos… “é só não falar sobre isto”.

por que raios somos tão diferentes e tão iguais a isto tudo?!

***

e tudo é um misto de cinza e branco, e ao longe, um ponto flutua no meio do mar, é um barco só. e ao longe, um ponto plana no meio do ar, um pássaro só. e não estão só. no fundo estão todos cruzando caminhos inexistentes ao olho nu. vão todos envoltos por este verde olhar que dança descontrolado tal qual estas árvores ao meu redor sob o crespo vento. é tudo. é frio. é só.

P8160065

16/08/2010 SEG 17:15

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: