a canoa que brota do chão

2014, julho 30, quarta-feira

Do tupi, garapuvu significa “canoa que brota do chão”. Os índios fabricavam as canoas de um pau só com as árvores, conhecimento ensinado para os imigrantes açorianos.A Schizolobium parahyba , como é chamada pelos cientistas, nasce na Floresta Atlântica Pluvial, da Bahia a Santa Catarina. Pode atingir até 30 metros de altura e em novembro floresce em amarelo. É uma árvore da família das fabáceas, notável pela sua velocidade de crescimento que pode atingir 3 metros por ano. A árvore é também conhecida como guarapuvu, garapuvu, guapiruvu, garapivu, guaburuvu, ficheira, bacurubu, badarra, bacuruva, birosca, faveira, pau-de-vintém, pataqueira, pau-de-tamanco ou umbela. Foi inicialmente descrita por J. M. C. Vellozo em 1825 sob o nome de Cassia parahyba. É a árvore símbolo de Florianópolis, capital de Santa Catarina. (…) A madeira é pouco resistente, mas presta-se à confecção de embarcações tipo canoas exatamente pela leveza e facilidade de entalhe.
fonte: wikipédia

(jul 30, 2014 @ 1:29:01)
página-capa anterior >> antifaz
próximo »» ~~~
Publicado
30/07/2014 1:29:01
editado:
23/12/2018 18:19
14/04/2015 15:11

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: