Archive for abril, 2016

sem janelas para respirar…

2016, abril 30, sábado

e chega sexta-feira , após a ultima aula, e você, enfim, respira, e ufa… acabou, agora é descanso. mas sábado cedo, você pensa… quem acelerou o tempo, e escondeu os momentos de descanso… sábado cedo e a semana já começou… agora é sonhar com o próximo final de semana… que a ilusão deste foi por terra.

‘bora trabalhar.

plano de ensino e outros fios…

2016, abril 27, quarta-feira

abusado/usado. objeto da loucura alheia.

desconcentrado. descrente desse mundo.

por um fio. amarrado aos laços sociais… alguns nós e tantas pontas soltas… mas por um fio.

faltei segunda, não deu… não consegui ir. terça… dia cheio, vontade zero. quarta… hoje, apenas duas aulas e quase faltei. amanhã… quinta… já começou… de agora, 23h45 até 5h40 produzir um plano de ensino, fechar notas e preparar recuperação para 201, 202, 103 (7h50-11h50) , 107, 206, 306 (13h15-17h15), 111, 211 e 311 (18h30-22h15). e torcer para estar vivo na sexta-feira depois dessa maratona de 13h20 dentro da escola, 4h na estrada… totalizando… 36h acordado…

isso não é algo saudável.

 

carma

2016, abril 25, segunda-feira

de tempos em tempos nos vemos capturados por sentimentos que não sabemos distinguir exatamente o que são eou de onde vem eou como agem, e apenas sentimos um certo desconforto – que as vezes beira ao assustadoramente insuportável até uma angustia latente.

vontade berrar ou sumir.

ou de ver ninguém.