chão… resta um.

[qui] 14 de dezembro de 2017

“Esse cresceu reprimido
Aquele nasceu replicante
Um é aguado e insosso
Outro avoado e brilhante
Esse remoi o caroço
Aquele mastiga diamante
Um tá no fim do caderno
Outro dá início a leitura
Um é a fúria do inferno
Outro eterna ternura” (Seres Estranhos, Lenine)

***

o que você faz? por que você faz? e para quem você faz?

***

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: