i’m not a robot

[sex] 16 de março de 2018

acordei assustado. perdi a hora. corri, cabelos desgrenhados ao vento abafado… andei, e quando havia perdido a esperança de uma carona, ganhei. cheguei, quase, em tempo. protocolo #1 cumprido.

verification expired. check the checkbox again…

há um zunido na cabeça. falta de sono. o horóscopo do dia aponta:

«você se acostumou demais a fazer dar certo as coisas com seu método e estratégias, mas acontece que não há mais garantia de repetir esse sucesso, o que indica que seria necessário você usar um pouco mais de criatividade.»

***

a única coisa “bacana” da hora atividade obrigatória é que você fica lá, na escola, de bobeira, com outrxs profxs, e o papo vai fluindo…

e a anedota engraçada contada ontem, um diálogo hipotético entre um professor e um aluno. indaga o professor: «meu, por que você pra escola?». responde o aluno: «porque se eu não vier… a mãe briga, diz que eu fico enchendo o saco dela se fico em casa». professor faz a réplica: «então você vem pra escola para encher o meu saco?! porque você não volta pro saco do teu pai, criatura?».

***

e segui cantarolando pela manhã… desde de ontem, ecoa no meu subconsciente…

Listen to the man // George Barnett // I feel your head resting heavy on your single bed / I want to hear all about it / Get it all of your chest, oh / I feel the tears and you’re not alone, oh / When I hold you, well I won’t let go, oh / Why should we care for what they’re selling us anyway? / We’re so younger than you know, whoa / You don’t have to be there, babe / You don’t have to be scared, babe / You don’t need of plan of what you wanna do / Won’t you listen to the man that’s loving you / Your world keeps spinning and you can’t jump off / But I will catch you if you fall I can’t tell you enough / I hate to hear that you’re feeling low / I hate to hear that you won’t come home / Why should we care for what they’re selling us anyway? / We’re so younger than you know, whoa / You don’t have to be there, babe / You don’t have to be scared, babe / You don’t need of plan of what you wanna do / Won’t you listen to the man that’s loving you, whoa, whoa, whoa. / Easy, easy and a one, two, three, oh / Easy, breazy if you come with me, oh / Easy, easy and a one, two, three, four, five, six, seven eight, nine / You don’t have to be there, babe / You don’t have to be scared, babe / You don’t need of plan of what you wanna do / Won’t you listen to the man that’s loving you, whoa, whoa, whoa / You don’t have to be there, babe / You don’t have to be scared, babe / You don’t need of plan of what you wanna do / Won’t you listen to the man that’s loving you, whoa, whoa, whoa / Compositores: George Barnett e Joel Laslett Pott

***

encontrei giulia… ex-aluna. conversamos sobre como é gostoso morar nos bairros em que moramos… cacupé e sambaqui, e viajar de ônibus. e sobre nossas escolas… pessoas comuns e ela me falou sobre seus sonhos… novas pedagogias.

***

notas mentais aleatórias no busão: «entre quem eu deveria ser, quem eu projeto ser, quem eu consigo ser e quem eu gostaria de ser há vãos enormes… hábito essas lacunas.»

***

o oráculo diz: nesse momento de indefinições temporárias e de acentuação de contradições, deixa as coisas cozinhando ai dentro… e cuidado para não queimar seu filme.

***

a configuração padrão é o pensamento linear. mas rapaz… use o seu pensamento lateral. pois a «solução mais elegante se apresenta quando você aborda o problema de lado, em vez de respondê-lo de frente».

siga os comandos

1> liste os pressupostos;

2> Verbalize o que está “convencionado”;

3> Pergunte-se (redefina o protocolo);

4> Comece voltando para trás (engendre a reversão);

5> Mude a perspectiva (estranhe, estranhe-se, seja um outsider).

espere o sol se por…

 

Sequência-de-seis-completapensamento-lateral-

***

fim da primeira edição. 13h35

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: