ovo com pão

[qui] 17 de maio de 2018

hoje, quatro anos e um mês (trabalhados, descontando as faltas de greve e as faltas injustificadas… que somam mais dois meses e treze dias).

e acrescento mais meia falta para a conta.

fiquei dormindo no calor de minha cama, nem fui ver o frio lá fora. às vezes não sei ser gente não… e na bem na verdade não estou muito disposto neste instante a encarar o que preciso fazer.

e acordei entre sonhos, algumas vezes, e num deles, sobressaltado, pois foi bem na hora em que eu beijava alguém, e quase como um reflexo, a outra pessoa ao meu lado não gostou e se afastou. aquilo me causou um espanto e acordei… e depois tudo emaranhou-se.

talvez seja o excesso de ovos fritos com café de ontem pela noite… talvez seja minha solidão. talvez essa dificuldade de ser um homem válido. e de ficar flertando com o perigo… e com a solidão. apenas sei que não sou um bom analista de sonhos… só sei errar nessa vida.

e nessas últimas semanas tenho deixado o tempo passar… esperava pela cirurgia em meu dedo e pelo atestado… mas acontece que errei em uma semana. não é amanhã, é semana próxima ainda… aff!

aguenta o tranco, respira fundo e sobrevive até sexta-feira. fica na tua, evita de sair em campo minado…

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: