humano, demasiado humano

[qui] 25 de outubro de 2018

dia de terapia.

planejei o dia… não consegui fazer tudo. voltei para casa e fui dormir. há uma dor no peito.

devo ficar atento ao que provoca essa reação/necessidade de isolamento/recuo diante do outro -> trazer pra [contração da preposição para- com artigo definido -a] concretude do cotidiano -> exemplificar -> definir objeto de análise e estudá-lo [pronome oblíquo átono -o, que após a terminação verbal -z, -s, -r (forma infinitiva do verbo), assume a forma -lo, no caso, estudar+o (contração do verbo com o pronome, apaga-se a marca de infinitivo e de indicativo)].

***

«Nada impede tanto ser natural quanto o desejo de parecer.» François de La Rochefoucauld

***

Humano, Demasiado Humano – Friedrich Nietzsche

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: