o vencedor

2019, março 18, segunda-feira

20h52 preciso traduzir essa coisa toda que estou sentindo neste exato instante. Não estou feliz aqui. Tento resistir diariamente, mas o ambiente, as pessoas do ambiente tornam o ar irrespirável, tóxico. Olho pra minha filha e me parte, não poder dar um ambiente melhor, saudável, para ela. Sei que não sou responsável pela loucura dos outros, por seus traumas, medos, obsessões, por suas frustrações, mas não consigo não me deixar afetar… E isso me sufoca, essa gente me sufoca. E já não tenho fé em mim mesmo… É só dor, tristeza e mágoa. E me vejo reproduzindo um ambiente nocivo pra ela, tanto o quanto foi o de minha infância e adolescência. E eu não consigo ser melhor, ser mais isso que quase nunca tive. Eu me sinto exausto nesse mundo. Talvez seja dai que venha esse nó, essa dor aguda no peito, essa vontade incontrolável  de chorar, esse desejo de sumir… toda essa coisa de morte e de dor.

×××

De não conseguir ser além do que essa falta. E ainda assim me sentir responsável pela falta alheia. Que prepotência…  achar que as coisas giram em torno de você. E que vc consegue ser diferente, mais e melhor do que você acha que é… E que isto vai mudar o mundo e os outros.

E na primeira adversidade você se acha uma merda, e se cala sem conseguir lutar, se achando mais fraco, desprezível e insignificante que de fato é.

Ri disso, mas levanta… faz o que é possível, tenta ao menos respirar de forma a destravar o peito e desanuviar a mente. Resiste, vive, meu amigo, morre não.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: