meus 4 moods, os superbugs e o fascismo cotidiano

2019, abril 10, quarta-feira

hqdefault (1)

e para ler o mundo…

anoto coisas importantes, para não esquecer:

Para não perder o foco II:

Expor, denunciar e criticar as sandices e incompetências, tanto do presidente, quanto de ministros e outras figuras é, certamente, necessário e importante. Colocar, porém, o foco nisso, é um enorme equívoco, pois passa a impressão de que se fossem sérios e competentes, seria melhor. Não se pode esquecer que, com sandices e incompetências ou com seriedade e competência, todos eles estão sempre a serviço dos interesses das classes dominantes e que o foco desses interesses é sempre a intensificação da exploração dos trabalhadores. É nas medidas econômicas e políticas que está o cerne da questão. É nelas que se deveriam concentrar as críticas. Mas, de novo, não para propor medidas melhores, mas para demonstrar a falência geral do próprio sistema.

e os  superbugs

e os oitenta tiros de fuzil do exército… o glifosato… o terrorismo de estado… a contrarreforma da previdência… o genocídio cotidiano… o fascismo cotidiano.

***

e só cabe… resistir! cotidianamente resistir!

1984: PILARES DO FASCISMO #meteoro.doc

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: