Archive for the '30' Category

aqui existo de uma maneira longínqua

[qua] 30 de maio de 2018

4h23

meu rosto está desfigurado.
em carne viva.
infinitas escamas.
meu corpo arde.
tenho febre nos dedos.
ando suspenso.
tenho sonhos ao sol.
não os lembro.
vago imóvel pela madrugada.
abandono a poesia.
desnudo poemas.

e os pelos brancos me assaltam a cara

.
.
.
.
.
.

***

5h06 das notas mentais… acabei, terminei, editei a última postagem atrasada, pus em dia a série de poemas e poetas do #umpoetaumpoemapordia. e seria coisa inútil, se não fosse o prazer da descoberta poética…

«nos meus pensamentos sempre
as palavras lutam duas a duas pela verdade
palavras se metem dentro
de outras palavras querendo idéias
sou uma caixa de vários lados
com vários cantos
com duas sombras
uma escura que nasce da clara
outra clara que nasce da escura
a luz cintila e a sombra dorme
a sombra estatela-se e a luz ergue-se
nasce cada palavra dentro de outra palavra»
FERNANDO LEMOS

5h48 é o horário do segundo trem. hora que devo sair de casa. perícia médica. torcer para voltar antes das oito. e dormir o dia inteiro… ou viver.

23h13. e logo depois voltei, depois de perder uma hora esperando pelo busão que não veio… planos do dia zero a um para a falta de busão. reagendar compromissos e voltar a dormir, dormir mal. e na tarde, na volta do curativo, caminhei os três quilômetros (falta de busão, dois a zero?)… e tenho dor, mas rascunhei esse exercício abaixo:

fixação pelo verbo
oxidação do ferro
a água que invade
a gravidade deixa
a dança das conchas
entre a espuma e areia
o sol
o vento terral
a face
a tarde inteira
nada resiste

à necessidade da palavra
vagner boni, sambaqui, 30/05/2018

aquilo que temo contém aquilo que preciso

[sex] 30 de março de 2018
um pouco de thor.
«aquilo que temo contém aquilo que preciso».
ou um pouco de george… e camelo, e sua banda do mar:
«Pode ser o seu tamanho
Ou o jeito que você erra
No momento em que eu te ganho
Ou no barco que te leva
Pode ser o que você quer
Ou o que eu tenho pra te dar
Uma vida inteira pra viver
Ou um só segundo pra lembrar
Um dia eu vou ficar bem
Só pra te querer mais
Onde quer que eu ande bem
Domingo é pra te dar paz»
Banda do Mar - Pode Ser / Compositor: Marcelo Camelo
***
a minha ansiedade excessiva, por vezes me leva a uma inação. cá estou eu…

mas um punhado de folhas sagradas pra me curar, pra me afastar de todo mal

[qui] 30 de novembro de 2017

coisas da manhã

café da manhã com a filha (música, pão, mel e café preto). orientação na elaboração do trabalho escolar. e um cadinho de músicas…

Tanta volta pra a nenhuma resposta

Nenhuma resposta
Mas um punhado de folhas sagradas
Pra me curar, pra me afastar de todo mal

Para-raio, beti branco, assa peixe
Abre caminho, patchuli

e plantas:

Pára-raio (Igí Mésàn). 

Nomes Populares: Santa-Bárbara, Árvore-do-paraíso, Cinamomo, Amargoseira, Jasmim-de-calena.
Nome Científico: Mella azedarach L., Mellaceae
Orixá: Oiá.
 
Bétis-Branco (Ewé Boyí Funfun)
Nomes Populares:  Pimenta-Macaco, Bétis-Branco Nome Científico:  Piper Rivinoides Kunth.
Orixá: Iemonjá, Oxalá e todos os orixás fun fun.
 
Assa Peixe
Nome Científico:  Vernonia polysphaera
Orixás: Oxóssi e Oxum
Abre Caminho (EWÉ LOROGÚN)
Nome Popular: Abre Caminho
Nome Científico: Lygodium volubile
Orixás: Ogum
Patchouli
Orixás: Exú e Oxum
Nome científico: Pogostemon cablin
Nomes Populares:  Patchouli, patchouly, pachouli, pachuli, patechuli, patexulí ou ainda oriza no Brasil,
 
%d blogueiros gostam disto: