Archive for the 'Juçara Marçal' Category

emancipate yourselves from mental slavery, none but ourselves can free our minds

2017, novembro 20, segunda-feira

20/11

O CANTO DOS ESCRAVOS – Clementina de Jesus, Doca, Geraldo Filme

Clementina de Jesus – Fui pedir às Almas Santas

Clementina de Jesus – Cangoma me chamou

Capítulo 4 Versículo 3 – Racionais Mcs

Miriam Makeba – Pata Pata

Ain’t Got No, I Got Life – Nina Simone

Emicida Feat: Rael – Obrigado, Darcy! (O Brasil que vai além)

metá metá – ora iê iê ô

Atotô – Kiko Dinucci & Juçara Marçal

Kiko Dinucci e Juçara Marçal – Machado de Xangô

Iansã – Maria Bethânia

Rappin’ Hood – Sou Negrão part. Leci Brandão

Thaide e DJ Hum – Sr. Tempo Bom

Rincon Sapiência – Ponta de Lança (Verso Livre)

Criolo – Sucrilhos

Nina Simone – Mississippi Goddam

padê

2015, junho 7, domingo

Padê // Kiko Dinucci //Abre o caminho / O sentinela está na porta / Abre o caminho / Pro mensageiro passar // Abre o caminho / O sentinela está na porta / Abre o caminho / Pro mensageiro passar / Pro mensageiro passar / Pro mensageiro passar / Pro mensageiro passar / Pro mensageiro passar…

 

Álbum lançado em 2008 pela Tratore, selo Cooperativa. Participaram também: Samba Sam (percussão), Marcelo Mainieri (baixo), Lincoln Antonio (piano) e Paulo Dias. Download: http://kikodinucci.com.br/outrosdisco… Faixas: 01. 00:00 Padê (Kiko) 02. 02:23 São Jorge (Kiko) 03. 05:29 Machado de Xangô (Kiko & Fabiano Ramos Torres) 04. 09:10 Atotô (Kiko) 05. 12:18 Jatobá (Kiko & Juçara) 06. 15:44 Cabocla Jurema (Candeia & Nina Alvarenga) 07. 19:39 Mar de Lágrimas (Kiko & Vanderlei Mazzucatto) 08. 24:10 Engasga Gato (Kiko & Fabiano Ramos Torres) / Casa Barata (Domínio Público) 09. 27:36 Samba Estranho (Paulo Padilha) 10. 31:43 Velha Morena (Luiz Tatit) 11. 33:20 Imitação (Batatinha) 12. 36:37 Batuque Para Ney (Lincoln Antonio & Walter Garcia) 13. 39:47 Bate Baú (André Bueno) / Corujá Batuqueira (André Bueno) 14. 42:23 Roda De Samba (Kiko)

a terceira margem do rio «« anterior
próximo »» oba iná

Publicado
07/06/2015 22:58:20
editado:
23/12/2018 17:23

metá metá… sozinho.

2015, maio 28, quinta-feira

hoje é dia de voltar ao movimento.

***

na madrugada transcrevi do novo ep do metá metá – me passado pelo juniores – a letra da canção sozinho [composição: Douglas Germano].

sozinho eu chego bem mais tarde
sozinho eu nunca fui covarde
sozinho eu leio o meu jornal
sozinho eu pulo na geral
sozinho eu não vou sofrer

sozinho meu café é forte
sozinho se eu temesse a morte
sozinho eu faço a minha paz
sozinho todo amor é mais
sozinho eu nunca vou sofrer

eu nunca pedi nem um pouco a mais do que já mereço
e eu quis demais
eu não escolhi o que essa vida faz
mas sempre vivi do que se desfaz

sozinho, minha trilha é Blanc*

sozinho não tem quem me arranque
sozinho eu paro onde eu quiser
sozinho, chopp, gim, fernet
sozinho para não mais sofrer
sozinho acordo bem mais cedo
sozinho sem pensar em medo
sozinho, eu nunca estive só
sozinho todo mal é pó
sozinho, eu sei bem mais viver

eu nunca pedi nem um pouco a mais do que já mereço
e eu quis demais
eu não escolhi o que essa vida faz
mas sempre vivi do que se desfaz

sozinho eu leio o meu jornal
sozinho eu pulo na geral
sozinho eu não vou sofrer

sozinho eu faço a minha paz
sozinho todo amor é mais
sozinho eu nunca vou sofrer

sozinho eu paro onde eu quiser
sozinho, chopp, gim, fernet
sozinho para não mais sofrer

sozinho eu nunca estive só
sozinho eu todo mal é pó
sozinho eu sei bem mais viver

*Correção feita. “O verso correto é: ‘Sozinho, minha trilha é Blanc’ Se trata de uma reverência direta ao compositor Aldir Blanc”.

meta_ep_capa_alta

PS: OUÇA: Luiz Tatit, “Rodopio” (2007)