Archive for the 'Música' Category

trekking trip tipo trupe

2019, fevereiro 11, segunda-feira

e dormi boa parte do dia, deste domingo. e das coisas que haviam… por serem feitas, fiz quase nada não. não lavei roupa, não limpei a casa… não terminei o planejamento… não vi o novo episódio de star trek… e nem fiz sala pra minha tia, não fiz a impressão do boleto pro meu pai… tão pouco pintei a cozinha, o quarto e o resto da sala. no máximo que fiz foi regar as plantas, o ajuste de matrícula e um quadro de horários não terminado.

e a título da postagem é o combinado pra próxima trilha… nada de dupla… um coletivo.

e na minha timeline aparece isto: «O Fascismo é fascinante, deixa a gente ignorante e fascinada…»

e o meu navegador, ao tentar traduzir seu texto, recria. algo como: à volta volta volta volta volta volta cans cans meus meus meus meus olhos olhos olhos olhos como a programação das palavras

Though I’m past
one hundred thousand miles
I’m feeling very still
And I think my spaceship knows which way to go
Tell my wife I love her very much
she knows

David Bowie – Space Oddity

e o meme do dia

12417650_1063437460390684_8803833797756982331_n

e a música do dia

«cães danados do fascismo babam e arreganham os dentes sai do ovo a serpente fruto podre do cinismo para oprimir as gentes nos manter no escravismo pra nos empurrar no abismo e nos triturar com os dentes ê república de parentes pode crer na nova babilônia eu e você somos só carne humana pra moer e o amor não é pra nós mas nós temos a pedrada pra jogar a bola incendiária está no ar (vai voar) fogo nos fascistas fogo, jah!» 

República dos parentes (fogo nos fascistas!) Chico César

editando:

ps1: já são cinco da madruga e só agora o sono chegou; deu pra ver o último episódio de star trek discovery (t2 ep4 – An Obol for Charon) e star wars (ep 7 – o despertadar da força)

ps2: os dias em que a casa fica aberta, dora dorme aos meus pés. sinto-me seguro… com ela, com o zóiudo, com a sorvete… engraçado com um cão e dois gatos me deixam mais calmo, feliz e seguro. é bom ter uma família animal.

 

 

canindé…

2019, janeiro 30, quarta-feira

brincadeira…

é promise, do jimin

Onja, jujon anja Sengage, Man kojyoga Onje buto, non nal apuge Tonga Nojo chado morujana Nodo apu Jana cause you’re mine, I just wanna blow your mind Iroge non to morojyo Man ganinde, Amuroji anunde, guroge mala nunde Sashiri nega, guge anin gaba I want you to be your light, babe You should be your light Donun apuji Ange, niga usul su ige I want you to be your Night, babe You could be your Night Ibami noyege, solji galsu ige Nodo apu Jana cause you’re mine, I just wanna blow your mind Iroge non to morojyo Man ganinde, Amuroji anunde, guroge mala nunde Sashiri nega, guge anin gaba I want you to be your light, babe You should be your light Donun apuji Ange, niga usul su ige I want you to be your Night, babe You could be your Night Ibami noyege, solji galsu ige Ijen nege yagsoge, oh-oh Harue myot bonshik, oh-oh Honjarado nukyojo, oh-oh Nol bori jinun ma, oh-oh Yogi janga Man choso, Sekison gara golgo Ijen nege yagsoge, oh-oh

e hoje foi um dia bom… de acordar depois da uma da tarde, matear e almoçar com a filha… de caminhar 2,5 km ao sol… de coca-cola expresso… malzbier, tinta amarelo mexerica, suculentas com nomes orientais, um cacto e um girassol.

img-20190130-wa0006

not every cage is a prison, nor every loss eternal

2019, janeiro 29, terça-feira

oscilações de humor. eu sei o que tenho que fazer… mas tenho dificuldades em fazer. então eu me enrolo. eu me adio… eu só quero ficar quieto. dormi até o meio dia.

e na casa da mãe a trilha sonora da tarde é… barão:

Penso! / Como vai minha vida / Alimento, todos os desejos / Exorciso, as minhas fantasias / Todo mundo tem um pouco / De mêdo da vida… / Prá que perder tempo / Desperdiçando emoções / Grilar! / Com pequenas provocações / Ataco, se isso for preciso / Sou eu quem escolho e faço / Os meus inimigos… / “Saudações, a quem tem coragem” / Aos que tão aqui / Prá qualquer viagem / Não fique esperando / A vida passar tão rápido / A felicidade / É um estado imaginário… / Não penso! / Em tudo que já fiz / E não esqueço / De quem um dia amei / Eu desprezo / Os dias cinzentos / Eu aproveito prá sonhar / Enquanto é tempo… / Eu rasgo o couro / Com os dentes / Beijo uma flôr / Sem machucar / As minhas verdades / Eu invento sem mêdo / Eu faço de tudo / Pelos meus desejos… / “Saudações, a quem tem coragem” / Aos que tão aqui / Prá qualquer viagem / Não fique esperando / A vida passar tão rápido / A felicidade / É um estado imaginário… / Pense e dance / Pense, pense e dance. / Pense e dance / Pense bem e pense bem e dance / Pense e dance / Pense, pense e dance… / Pense, pense e dance / Pense, pense e dance… / Compositores: Roberto Frejat;  Andre Cunha; e Flavio Marquesini

cha-de-carqueja3-730x449e pelo fim da tarde, após o passeio pela mata com dora, plantei carqueja e outras plantas, no quintal.
e dei mais um passo… sai da inércia. mas a ansiedade ainda é grande, pela quantidade enorme de coisas pela frente e por não ter clareza de como as coisas e as pessoas vão se comportar.
e no biscoito da sorte: «not every cage is a prison, nor every loss eternal»